Se você acha que creme anticelulite não funciona, saiba que ele é um aliado valiosíssimo pra esculpir as curvas. Claro que não adianta continuar com a alimentação desregrada, pular o treino e esperar que ele faça efeito sozinho, mas é uma mão na roda na rotina fit de todo dia. Com a tecnologia avançada da indústria de beleza, os potes hoje contêm ativos super potentes que ajudam a quebrar células de gordura e, alguns, até a prevenir a formação de novas. O segredo etá na aplicação correta.

“O primeiro passo é esfoliar a pele semanalmente para livrá-la das células mortas e ajudar os ativos a penetrarem. O creme vai funcionar se chegar nas camadas mais profundas da pele”, diz Fabiola Fortunato, fisioterapeuta dermato funcional, de São Paulo. Caminho livre, é preciso preparar o terreno para massagear, empurrar o creme. Segundo a especialista, aumentar a temperatura do local (sabe aquela sensação nas bochechas depois de praticar esportes?) promove vasodilatação periférica e também favorece a permeação dos ingredientes mágicos. “Dá pra conseguir isso com exercício físico, tecidos que aumentam a circulação periférica e também escolhendo cremes que contam com ativos vasodilatadores como pimenta (capsicum) e nicotinato de metila (aqueles que deixam a pele vermelha, porém são extremamente alergênicos)”,  explica.

Mãos à obra
Tratamentos estéticos também têm esse poder de ativar a microcirculação, de forma mais efetiva. Se não é o seu caso, capriche na massagem e aplique o creme todo santo dia. Passe com vontade e não pare de manipular a pele até o produto ser completamente absorvido. “A última dica é manter a pele sempre bem hidratada porque isso também favorece a penetração dos componentes das fórmulas high-tech”

 

Compartilhe...Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someone